Dia 01 Quinta-Feira

TRACC discute tempos e temporalidades das mídias em 5ª edição do PIMI

Das 09h no dia 01 de Janeiro de 1970 Paris

Entre os dias 26 e 28 de junho, o Centro de Pesquisa em Estudos Culturais e Transformações na Comunicação (TRACC) marca mais uma vez presença no Seminário Internacional Patrimônio, Imagem, Mídias e Identidades (PIMI), que agora traz o tema “Tempos e temporalidades das mídias (televisão, rádio, web) Patrimônios Audiovisuais. O encontro acontece na Universidade Sorbonne Nouvelle-Paris 3, na França.

Já no primeiro dia, na mesa “O arquivo em suas temporalidades”, as professoras Itania Gomes e Juliana Gutmann apresentam o trabalho “O papel dos arquivos durante o encerramento de um canal de televisão, MTV Brasil: os modos de endereçamento do ‘Último Programa do Mundo’”, em que são analisadas as estratégias de construção do programa responsável por finalizar as transmissões da MTV Brasil, programada pelo grupo Abril. O trabalho também conta com a assinatura de nossa pesquisadora Manuela Reis.

O evento é organizado no âmbito do programa PIMI pelo UMR TELEMME (Aix-Marseille Université – CNRS), pelo UMR LARHRA (UMR 5190 CNRS), pelo grupo Ceisme (CIMParis EA1484), pela Fonoteca e Pólo de Imagem, som e práticas digitais da MMSH. Pelo Brasil, além do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura da Faculdade de Comunicação da UFBA (PósCom), participam o grupo de Pesquisa Imagem e Sociabilidade da Universidade Federal de Minas Gerais, o grupo Mídia, Memória e Amnésia da Universidade Federal do Rio de Janeiro e a Universidade Federal de Santa Maria.

Sobre o PIMI – O programa é um acordo de cooperação científica entre o Brasil e a França, aprovado pelo Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS), na França. O evento teve a sua primeira edição realizada na Maison Méditerranéenne des Sciences de l’Homme (Aix-Marseille Université), em Aix-de-Provence, em abril de 2015. Sua quarta edição aconteceu na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em outubro de 2016, em Belo Horizonte.

Os encontros possibilitam que os pesquisadores franceses e brasileiros possam estabelecer a interlocução acerca dos estudos de mídia, através do compartilhamento de experiências de pesquisa, fortalecendo a rede de intercâmbio científico sobre a área.

Confira a programação completa